DTE apreende 160 discos de cocaína avaliados em meio milhão de reais; seis pessoas foram presas


Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, sob o comando da delegada Klaudine Passos, prenderam seis pessoas em um motel de Feira de Santana e apreenderam 160 discos de pasta base de cocaína, avaliados em cerca de R$ 500 mil. A operação aconteceu no início da manhã deste sábado (30) e as drogas foram encontradas em dois veículos: um HB20, vermelho, placa QKX-2027 e uma picape Fiat Strada, vermelha, placa PKF-4601, ambos com licença de Feira de Santana. Uma arma de fogo também foi apreendida.

Foram conduzidos para a delegacia, Ronaldo Vitorino da Silva, Gabriela Menezes Santos, Marcela Rodrigues dos Vale, Adriana Rodrigues do Vale, Francisco Pinheiro da Cruz e Bruno Leonardo Lima Damasceno,


Segundo a polícia, as prisões aconteceram após diligências iniciadas na tarde de ontem (29), quando investigadores acompanharam Ronaldo e Gabriela, ele a bordo de uma picape Strada, placa PZF-4708, e a mulher na picape apreendida, de placa PKF-4601, até a divisa da Bahia com o estado de Sergipe.

Em campana, os policiais perceberam que o homem e a mulher se encontraram com três pessoas que estavam em outro veículo e entregaram as picapes. Momentos depois, o casal recebeu de volta da Strada de placa PKF -4601 e retornou para Feira de Santana, entrando por volta das 5 horas no motel.


A polícia abordou a seis pessoas e ao desmontar compartimentos dos veículos encontrou toda a droga.

De acordo com a DTE, as investigações que desbataram a quadrilha começaram a apresentação feita por policiais militares no plantão central, no dia 5 de dezembro de 2018, de um taxista e Ronaldo Vitorino, flagrado na ocasião com a quantia de R$ 364 mil. A polícia passou a investigar a origem do dinheiro e possível relação com o tráfico de drogas e com autorização da justiça de busca e apreensão, tanto no motel como em uma residência.

A delegada Klaudine Passos autuou Bruno Leonardo por posse de arma de fogo e arbitrou fiança. Ronaldo Vitorino foi autuado por tráfico de drogas, associação ao tráfico e também por oefecer vantagem indevida a funcionário público. Francisco Pinheiro foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, enquanto Marcela e Adriana vão responder por tráfico e associação ao tráfico de drogas.


Blog Central de Polícia, com informações da DTE.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>