Decarga recupera carga e prende integrantes de quadrilha; motorista tentou registrar falsa ocorrência de roubo


Uma carga de cerveja, composta por 26.904 garrafas de 550 ml
da marca Stella Artois foi integralmente recuperada pela Delegacia de Repressão
a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga), de Feira de Santana, no
último sábado (11). O carregamento estava escondido em um estacionamento que
funcionava como um lava-jato clandestino, no bairro de Periperi, em Salvador,
próximo ao Hospital do Subúrbio. 

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, titular da
especializada, Wellington Machado Pinheiro, 48 anos, é o proprietário do local
onde a carga foi encontrada e foi encaminhado à delegacia. Ele confessou que um
homem conhecido como ‘Zeba’ foi o encarregado pela condução da carreta até o
local e que pagaria pela guarda do material. Após apuração, outros
participantes da quadrilha foram identificados, entre eles, um intermediário
identificado como Diego, que contratou um técnico para bloquear o sinal de GPS
da carga, para impossibilitar o rastreamento . 

O condutor do caminhão, Ronaldo Pinhal Santos, 39, também
associado ao esquema, foi preso e autuado em flagrante quando registrava uma
falsa ocorrência de roubo. Ele se passou por vítima de assalto, mas foi
desmascarado diante das provas. O motorista confessou o envolvimento no crime e
teve sua prisão preventiva decretada. 

“Já havíamos recebido denúncias e também contamos com ajuda
de câmeras para conseguir localizá-los”, informou o delegado. O titular disse
ainda que existe uma integração entre a Decarga, PRF e Delegacias de outros
estados no combate às quadrilhas. “Essa troca de informações tem facilitado
muito o nosso trabalho. Estamos nos empenhando para identificar outros
receptores de cargas e a prisão do chefe do grupo”, conta. 

A carga avaliada em mais de R$ 160 mil reais foi entregue à
empresa Ambev. O cavalo mecânico que havia sido separado do veículo foi
recuperado no município de São Sebastião do Passé e devolvido.

Ascom-SSP, com foto divulgação.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>