Coordenador da Aspra-Feira usa a tribuna da Câmara e pede apoio aos vereadores


No último dia 11 de setembro, os policiais militares da Bahia decidiram adiar a decisão de entrar em greve, após participarem de uma assembleia, em Salvador. A decisão acordada foi que uma nova assembleia será realizada dia 8 de outubro para definir os rumos da mobilização.

Na manhã desta terça-feira, 17, o coordenador da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), em Feira de Santana, Paulo Fernando dos Anjos usou a tribuna livre da Casa da Cidadania para esclarecer a real situação dos policiais da Bahia e pedir apoio dos parlamentares na tentativa de um diálogo com o Governo do Estado. “Peço o auxílio dos senhores, pois sei que esta Casa tem posicionamentos coerentes. Quero mostrar para a sociedade o nosso lado também, quero que o povo entenda a nossa luta”, frisou.

Dos Anjos afirmou que a categoria tenta resolver as pendências com o Estado há mais de cinco anos. “Não queremos fazer greve, sabemos que seria ruim para todos, mas a situação da PM está insustentável. O governador se nega a dialogar e cumprir com os acordos”, destacou.

Ao finalizar, o PM listou as reivindicações: melhorias do Planserv; cumprimento do acordo de 2014; solução para os problemas do novo sistema RH; reforma do estatuto; código de ética; periculosidade; auxílio alimentação; reajuste da CET; plano de carreira; cumprimento de ordem judicial; isenção de ICMS para aquisição de arma de fogo para PMs e BMs.

Ascom

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>