Polícia investiga participação de amiga de 14 anos em morte de adolescente em Feira de Santana


A Polícia Civil investiga se a amiga de Lauriane Bastos de Araújo participou da morte dela, em Feira de Santana, a cerca de 100 Km de Salvador. Conforme o delegado responsável pelas investigações, Gustavo Coutinho, foi comprovado que o irmão da vítima estava do lado de fora da casa e que a garota foi atingida por um tiro acidental.

“Foi feita uma acareação entre o irmão da vítima e duas amigas da vítima que se encontravam com a mesma no momento do disparo. Pelas informações e pela dinâmica da descrição feita por elas [amigas] suspeita-se que houve um disparo acidental praticado por uma das amigas da vítima”, disse o delegado Gustavo Coutinho.

No início desta terça, o delegado informou que foi descartado a participação do namorado da vítima na morte de Lauriane e também disse que o irmão da vítima tinha confessado à família que a garota foi atingida por um tiro acidental.

“O irmão ficou comprovado que ele se encontrava no lado externo da residência, do lado de fora, na porta mais precisamente e essa informação foi corroborada por testemunhas”, explicou.

O caso ocorreu no domingo (27), dentro da casa da vítima, na Rua Lírio dos Vale, bairro do Jardim Sucupira.

Na segunda-feira (28), a polícia chegou a informar que o suspeito era o namorado da adolescente, mas a participação dele também foi descartada.

A amiga de Lauriane foi ouvida na tarde desta terça-feira (29) e vai responder o inquérito em liberdade.

“A princípio ela [amiga da vítima] têm 14 anos apenas. Não está em estado de flagrância, ela se apresentou espontaneamente após o convite [da polícia], então vai ser um inquérito que vai se desenvolver com todos os envolvidos em liberdade”, explicou o delegado.

A polícia aguarda o retorno dos laudos periciais para fazer uma reconstituição do crime.

“Em razão da divergência de alguns relatos, vai ser realizado uma reconstituição do crime. Estamos aguardando o retorno dos laudos periciais para ver como aconteceu a dinâmica desse incidente que culminou na morte da Lauriane”, concluiu Gustavo Coutinho.

Informações do G1 Bahia.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>