Denúncias de violência doméstica subiram 9% durante quarentena, diz governo; apesar disso, DEAM de Feira passa a funcionar em horário administrativo


Aumentou na última semana em quase 9% o número de ligações recebidas diariamente pelo canal do governo federal que recebe denúncias de violência contra a mulher. O crescimento foi registrado no período de 17 a 25 de março, quando entraram em vigência as medidas que visam o isolamento social para evitar a propagação da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O dado foi divulgado na última sexta-feira (27) pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.
De acordo com a ONDH (Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos), a média diária de 1º a 16 de março foi de 3.045 ligações recebidas e 829 denúncias registradas. Já nos 8 dias seguintes esses números subiram para 3.303 ligações recebidas e 978 denúncias registradas.

A ministra Damares Alves associou o aumento diretamente à quarentena, que é defendida por autoridades de saúde e adotada pela maioria dos governos estaduais. Ela disse que o confinamento obriga vítimas a conviverem com seus agressores por longos períodos. “Pela nossa experiência, sabemos que o agressor é, na maioria das vezes, uma pessoa da família ou então muito próxima. Por isso, durante a quarentena, estamos reforçando os mecanismos que ajudam essas mulheres a denunciar.”

Feira de Santana

Apesar desses dados, a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Feira de Santana passou a funcionar em horário administrativo e de acordo com a delegada Edileuza Suely, as mudanças foram necessárias por conta de decreto do Governo do Estado. Ela alega que as medidas visam diminuir a aglomeração de pessoas na delegacia e também por conta do remanejamento de seis servidores da DEAM, para substutuir colegas que estão afastados por motivo de saúde.

“Durante essa situação que estamos vivendo, do coronavírus, a DEAM vai funcionar apenas no horário administrativo, ou seja, lesões corporais e medidas protevivas. Os flagrantes serão realizados no Sobradinho (Complexo de Delegacias), no plantão central, e os registros que forem necessários no período da noite também serão feitos no Sobradinho. A DEAM vai estar atendendo somente nessas situações e também no horário administrativo, de 8 às 12h e das 14 às 18h”, informou.

A delegada também acrescentou que os plantões da DEAM foram modificados em decorrência dos trabalhos suspensos pela Justiça e pelo Ministério Público.

Blog Central de Polícia, com informações do site Poder 360 e Denivaldo Costa/imagem ilustração.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>