Sindpoc paralisa atividades de policiais e aguarda transferência de presos do Complexo do Sobradinho


O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc) decretou nesta segunda-feira (1) um movimento de paralisação das atividades dos policiais que trabalham no Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho, em Feira de Santana.

O objetivo da paralisação é buscar a transferência de presos custodiados no local e preservar a saúde dos policiais que atendem os presos e o público em geral, correndo risco de contaminação pelo coronavírus.

De acordo com o investigador Agrimaldo Santos de Souza, diretor regional do sindicato, há presos com suspeita de Covid-19 e os investigadores estão correndo sérios riscos de contaminação.

“Estamos paralisando as atividades até que os presos sejam retirados, isso é um caso recorrente que já vem acontecendo e hoje nós paralisamos aqui. Acabou de falecer um colega de covid, da sétima delegacia em Salvador e aquí nós temos os presos, sem tomar providência”, reclamou o sindicalista.

Ele denuncia que os policiais tem contato com os presos sem o fornecimento dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e cobra providências do coordenador regional de Polícia Civil, delegado Roberto Leal.

O diretor regional do Sindipoc informou que a paralisação continuará até que os presos sejam transferidos.

Blog Central de Polícia, com informações de Jota Bezerra e foto Sotero Filho.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>