Feira de Santana: polícia registra queda no número de homicídios no mês de junho


Levantamento feito pela equipe do Blog Central de Polícia, junto aos órgãos de segurança pública aponta que Feira de Santana registrou 24 homicidios no mês de junho deste ano, três a menos que o mês de maio. Com relação a igual período do ano passado a redução foi de 22,5%. Em junho de 2019 foram registrados 31 homicidios no município feirense.

A maioria dos crimes foi cometida com o uso de armas de fogo e apenas um assassinato foi praticado com arma branca (uma mulher foi esfaqueada pelo companheiro no conjunto Feira V).

Entre as vítimas de homicídio registradas no mês passado estavam três adolescentes. A polícia também registrou um auto de resistência (troca de tiros entre suspeito e polícia).

Bairros

Os bairros Mangabeira, Conceição e Santo Antônio dos Prazeres (que fazem limite) dividiram a liderança dos mais violentos no mês de junho, com 3 homicídios, cada.

O Tomba registrou 2 assassinatos, enquanto Papagaio, Feira VII, Asa Branca, Parque Ipê, Campo do Gado Novo, George Américo, Lagoa Salgada, Nova Esperança, Barroquinha e SIM tiveram o registro de 1 homicídio, cada.

Distritos

Na zona rural foram registrados pelo menos um crime nos distritos de Humildes e Jaíba.

Semestre

No primeiro semestre de 2020 em Feira de Santana foram registrados 192 homicídios, 5 latrocínios (roubo seguido de morte) e 40 autos de resistência (confronto entre suspeito e polícia), totalizando 237 mortes violentas.

Comparativo

No primeiro semestre de 2019  foram registrados 151 homicídios, 6 latrocínios (roubo seguido de morte) e 35 autos de resistência (troca de tiros), totalizando  191 mortes violentas.

Balanço de 2020

Janeiro: 31 homicídios

Fevereiro: 32

Março: 44

Abril: 34

Maio: 27

Junho: 24

Homicídios registrados no mês de junho, nos últimos 10 anos:

2020: 24

2019: 31

2018: 46 (maior número de crimes)

2017: 22

2016: 14 (menor número de crimes)

2015: 23

2014: 20

2013: 33

2012: 32

2010: 37

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem ilustração.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>