Sinspeb convoca assembleia para discutir crise na segurança do Conjunto Penal de Feira; presidente do sindicato acusa diretor do presídio de abuso de autoridade


O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), convocou os filiados para uma assembleia geral em frente ao Conjunto Penal de Feira de Santana, na próxima quinta-feira (1º), a partir das 9h.

De acordo com o presidente do Sinspeb, Reivon Pimentel, a assembleia foi convocada após dirigentes do sindicato atenderem chamamento de colegas para tratar de acusações feitas pelo capitão PM Allan Araújo, diretor do Conjunto Penal de Feira de Santana. Segundo nota do sindicato, foram feitas acusações criminosas, sem respaldo legal de que o serviço de inteligência da unidade prisional suspeitava que havia algo de ilícito no interior de veículos estacionados no interior do presídio.

“Iremos discutir a situação de extrema insegurança da unidade, que hoje tem quase 1.800 presos, vamos discutir também a postura autoritária, ditatorial do diretor da unidade, o capitão PM Allan, que no último dia 24, de forma arbitrária, sem nenhum fundamento legal, sem uma ordem judicial, manteve em cárcere privado, todos os  servidores do Conjunto Penal de Feira de Santana, sob alegação de que recebeu a informação que em um dos carros estacionados no estacionamento da unidade havia algum ilícito. Isso prova o amadorismo exacerbado do gestor do conjunto penal e é preciso que a sociedade feirense, principalmente seus representantes, na Assembleia Legislativa, na Câmara de Vereadores e também na Câmara Federal”, acusa Reivon Pimentel.O presidente do Sinspeb frisou que o cargo de diretor do Conjunto Penal é indicação de um deputado federal e cobrou providências do “padrinho”, contra o que chamou de “desmandos” do gestor da unidade prisional.

Ainda de acordo com nota do Sinspeb, a entidade é a favor de ‘que se investigue toda e qualquer conduta criminosa, desde que haja o devido processo legal, o que não ocorreu, pois não foi apresentado nenhum mandado de busca e apreensão’.

Nossa reportagem não conseguiu contatar com o diretor do presídio até o fechamento desta matéria.

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho (rádio Subaé) e imagens reprodução.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>