Preso quarto suspeito de envolvimento no assassinato de advogado

Foi cumprido nesta terça-feira (260, um mandado de prisão
preventiva contra Carlos Alberto Martins Silva, também conhecido como “Paciência”,
apontado como um dos executores do advogado Júlio Zacarias Ferraz, crime
ocorrido no dia 15 de janeiro deste ano na localidade de Oliveira dos
Campinhos, em Santo Amaro. O advogado atuava em Feira de Santana e era assessor
jurídico na Câmara de Vereadores.
A vítima estava desaparecida desde o dia 15 de janeiro e
corpo foi encontrado um dia depois e encaminhado para o Departamento de Polícia
Técnica daquele município. Após o vereador Gilmar Amorim, para quem a vítima
trabalhava, e um irmão prestarem queixa do desaparecimento, o DPT de Santo
Amaro acionou a polícia em Feira e o corpo foi reconhecido. De acordo com a
polícia, o advogado foi encontrado despido, com as mãos amarradas para trás e
com tiros na cabeça.

A prisão de Carlos Alberto, o “Paciência”, aconteceu na
cidade de Trindade, no estado de Pernambuco, após investigações realizadas pela
Polícia Civil da Bahia e Polícia Federal.

Já estão presos Gláucia Mara Ottan Machado Ferraz, ex-mulher
do advogado e apontada como mandante do crime, Maria Luiza Borges do Carmos,
ex-empregada do casal e acusada de manter contato com os matadores e Cleidson
Marques Vasconcelos, acusado de ser um dos assassinos.


Segundo a polícia, Carlos Alberto vai ser recambiado para
Santo Amaro e depois será encaminhado para o presídio de Feira de Santana.



Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares
e imagens reprodução.

Vereadora denuncia salários atrasados de funcionários do HGCA

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (26), na Casa da Cidadania, a vereadora Neinha (PTB) levou ao conhecimento de todos que os funcionários do Hospital Geral Clériston Andrade estão há três meses sem receber salário.

Neinha relatou que indo para a Câmara nesta manhã, ouvindo rádio, lhe chamou a atenção uma matéria sobre a falta de médicos na cidade. “Lembro-me de médicos que saíram de Feira para fazerem residência em outras cidades.  Médicos não são encontrados em prateleiras de supermercados; medicina ainda é uma profissão que precisa de muito estudo e eles podem escolher aonde querem trabalhar. Por isso, os médicos têm o meu respeito. Deus abençoe a vida dos 26 que saíram de nossa cidade e espero que eles voltem para cuidar de nós”, disse.

E continuou. “Mas, na rádio falava da empresa terceirizada que atua no Hospital Geral Clériston Andrade. O hospital hoje é todo terceirizado. Será que três meses sem pagar salário aos funcionários é bom? São pais e mães com salários atrasados. Chamo atenção do Ministério Público, Defensoria Pública para tomarem uma atitude. São pessoas que não têm como manter suas famílias porque não estão recebendo seus proventos”, alertou.

A edil chamou a atenção dos funcionários do hospital. “Abram os olhos, pois não podem continuar trabalhando sem receber salários. Se fosse no Município, a notícia já estava na mídia e os funcionários se mobilizando, mas como é no Estado ninguém fala nada. Governador e Secretário Estadual de Saúde tomem providência com o que está acontecendo no HGCA. Quem trabalha precisa ser respeitado e pagar suas contas. Como será que estes funcionários estão hoje?”, questionou.

Para finalizar, a edil pediu ajuda da Justiça em Feira. “Atenção Justiça: precisamos de sua ajuda. Feira de Santana continua na mesma mazela: emprega pessoas e não paga. Ninguém quer falar sobre essa empresa, mas esta vereadora fala, pois fui eleita para lutar em prol do povo feirense’, findou.

Ascom

PM aciona pais de aluno que ameaçou colegas através das redes

A 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior da Polícia Civil
(Feira de Santana) investiga a divulgação de mensagens ameaçadoras via
Whatsapp, sobre ataque a uma escola estadual do município. Um jovem de 18 anos
foi conduzido na tarde desta segunda-feira (25), por policiais da 64ª Companhia
Independente da Polícia Militar, apontado como autor das mensagens. Boa parte
dos alunos não compareceu à unidade de ensino após o compartilhamento.


“Com a permissão dos pais fizemos buscas no local onde ele
mora e não encontramos nenhum tipo de arma”, afirmou o titular da 1ª Coorpin,
delegado Roberto Leal. Ainda segundo ele, no depoimento, o jovem negou a
autoria das mensagens e disse que apenas repassou as informações para alertar
os demais alunos da escola.

A versão apresentada por ele aos policiais também será
investigada, de acordo com o delegado. No entanto, o celular do jovem foi
recolhido para a análise e outros pontos de acesso à internet utilizados por
ele também serão identificados e analisados.

Fonte: Ascom / Kelly Hosana, com foto De Olho na
Cidade.

Corpo de Bombeiros encontra cabeça decapitada no fundo de cisterna

Por volta das 17h desta segunda-feira (25), uma equipe do 2º Grupamento
do Corpo de Bombeiros de Feira de Santana conseguiu concluir o resgate da
cabeça de Moacir de Oliveira Gomes, 32 anos, em uma cisterna localizada na casa
da mãe da vítima na cidade de Santo Estêvão.
No dia anterior, os bombeiros encontraram o corpo decapitado e como a
cisterna tinha cerca de 4 metros de água e com pouca visibilidade e mesmo com
uma câmera de escombro não foi possível visualizar a cabeça.
Foi necessário retornar no dia seguinte e com equipamento de resgate
armado, o soldado Castro desceu e conseguiu realizar o serviço.

Segundo informações, a cisterna tem cerca de 20 metros de profundidade e
foi relatado que o homem teria amarrado uma corda e se jogado.

A polícia está investigando o caso e aguarda a conclusão do Departamento
de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.
Blog Central de Polícia, com informações da Polícia Civil e Corpo de
Bombeiros/fotos divulgação.

Vitima de tiros morre no HGCA

Na noite passada (24), a polícia civil registrou o
assassinato de Márcio Luciano Bacelar, 44 anos, que residia no bairro Jardim
Cruzeiro, em Feira de Santana.

homem morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA),
após  passar três dia internado, vítima de tiros no bairro onde morava.

O delegado Deivid Lopes presidiu o levantamento cadavérico,
conforme a ocorrência policial.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos
Valadares.

Policia registra assassinato no Parque Panorama

Na noite desta segunda-feira (25), a polícia civil registrou
o assassinato de Allan Santos Souza, 29 anos, que morava na Rua Álvares
Azevedo, Parque Panorama, em Feira de Santana.

De acordo com a polícia, o jovem teve a residência invadida
e foi executado com vários tiros. Não há detalhes sobre a autoria e motivação
do crime.

O delegado Deivid Lopes presidiu o levantamento cadavérico e
autorizou a remoção para o Departamento de Policia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos
Valadares e foto reprodução.

Vítimas de tiros na Rua Nova morrem no HGCA

Na noite passada (24), a polícia civil registrou o assassinato de Amauri dos Santos da Costa, 25 anos, que morava na Rua Oca, no bairro Jardim Cruzeiro, em Feira de Santana.

O jovem morreu por volta das 20h20 no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), após ser socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ele foi baleado na cabeça e pescoço, na Rua Itororó, no bairro Rua Nova, conforme levantamento cadavérico presidido pela delegada Bianca Torres.

Outro crime 

Na mesma unidade de saúde, também morreu Felipe Silva de Souza, 22 anos, que foi baleado por volta das 21h no braço direito, pescoço e costas.

A vítima estava na Rua Platina, também no bairro Rua Nova, quando foi baleada e em seguida socorrida, mas não resistiu. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.

Nos dois crimes, os assassinos agiram da mesma maneira. Chegaram em uma motocicleta, pediram o celular da vítima e em seguida deflagraram os tiros.

Estatística 

Os policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), já iniciaram as investigações para identificar os autores dos crimes. Foram quatro pessoas assassinadas neste fim de semana, elevando para 21 o número de homicídios no mês, e 66 crimes em todo o ano.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa.

Corpo encontrado decapitado dentro de cisterna em Santo Estevão

O corpo de um homem de 30 anos foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros do interior de uma cisterna de 20 metros de profundidade, na manhã de ontem (24), no município de Santo Estevão. O fato ocorreu no quintal de uma residência, situada na rua Daniel Neves dos Santos.

Segundo informações, o 2° Grupamento do Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência por volta das 10h da manhã. Chegando ao local, a guarnição de busca e salvamento constatou que tratava-se de Moacir Oliveira Gomes.

De acordo com a delegada Dorean dos Reis Soares, a vítima teve a cabeça decapitada. A cisterna tem água e a equipe deve retornar ao local para tentar localizar a cabeça. A perícia técnica está investigando as circunstâncias da morte, ocorrida nos fundos da residência.

Blog Central de Policia, com informações de Denivaldo Costa.

Mulher é flagrada com drogas em ponto de ônibus

Uma mulher foi presa na tarde deste sábado (23), depois de ter sido flagrada portando drogas em Feira de Santana.


Segundo a polícia, a jovem de prenome Jaiane, 22 anos, estava parada em um ponto de ônibus situado na avenida Maria Quitéria, quando foi abordada por uma equipe do PETO 66. Na pequena mochila utilizada pela suspeita, os policiais militares encontraram 19 pinos de uma substância análoga à cocaína. 


Aos policiais, a jovem disse que mora no bairro Queimadinha e estava levando a droga para uma outra mulher no bairro Mangabeira. Durante a diligência, a equipe também apreendeu 3 munições intactas de calibre 44.


A mulher e o material apreendido foram encaminhados para o Complexo Policial do Sobradinho.


As informações e foto são do Fato Concreto.

Mais de 50 pessoas são vítimas de golpe da carta de consórcio em Feira de Santana

Mais de 50 pessoas caíram em um golpe envolvendo cartas contempladas de consórcio de automóveis, na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. O proprietário da empresa que concedia o crédito alega também ser vítima na situação.


Um dos compradores das cartas é o autônomo Fabrício Santana, que precisa do carro para trabalhar. Ele conta que há cinco meses resolveu trocar de veículo e ficou sabendo que uma empresa da cidade de Santo Estevão, que tem escritório em Feira de Santana, fazia o negócio.


Ele fechou a transação com a firma, dando uma entrada de R$ 8 mil. Nos contratos assinados pelas partes, a empresa prometeu entregar a carta e crédito em 45 dias, mas não cumpriu o acordo.


“Eu estou tendo que alugar um carro para trabalhar, porque eu dependo do veículo para poder atender meus clientes hoje. Estou tendo muita dificuldade depois dessa situação. Vendi meu carro antigo para comprar um melhor e agora estou sem nada. Sem carro, sem dinheiro e tendo despesas com o carro de aluguel”, disse Fabrício.


O escritório fechou e o proprietário continuou falando com Fabrício por um aplicativo de celular, depois desapareceu sem dar notícias.

As outras vítimas do golpe também possuem contratos assinados e comprovantes de depósito feitos, para assegurar a compra das cartas. O advogado Luiz Gustavo Amaral, que representa parte das pessoas envolvidas no caso, disse que as vítimas entrarão com processo contra a empresa.


“Vamos entrar com uma ação no âmbito cível, buscando indenização por danos materiais e danos morais, haja vista que todos foram lesados diante dessa situação de estelionatário. Vamos entrar também [com ação] no âmbito penal”, afirmou o advogado.


O proprietário da empresa chegou a ir na delegacia de Feira de Santana, para responder sobre as acusações feitas pelas vítimas, mas preferiu não gravar entrevista com a equipe da TV Subaé.


A delegada Bianca Torres, que está à frente do caso, informou que o homem alegou que também sofreu um golpe da pessoa que repassava as cartas contempladas consórcio pra ele. Segundo o proprietário, essa pessoa é do estado de São Paulo.


“Segundo ele, ele comprou cartas de crédito na mão dessa pessoa, mas a pessoa não repassou para ele, e aí ele teve um prejuízo de R$ 70 mil e não teve como pagar as pessoas que compraram as cartas na mão dele”, disse a delegada.


Todas as pessoas que foram lesadas pela empresa serão ouvidas pela delegada durante a próxima semana. A recomendação da polícia é que as vítimas juntem todas as provas possíveis para que a polícia investigue o que aconteceu.


Ainda de acordo com a delegada Bianca Torres, o proprietário será investigado pelo crime de estelionato. Caso seja comprovado o crime, ele será indiciado e o caso será encaminhado para o Ministério Público da Bahia (MP-BA).


As informações são do G1, com imagens TV Subaé.