Coveiro é preso após tentar matar a ex-companheira com dois tiros em Feira de Santana


Um coveiro de 28 anos foi preso nesta terça-feira (3), por policiais da Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (DEAM), suspeito de tentativa de feminicídio na zona rural de Feira de Santana. Os investigadores cumpriram um mandado expedido pela Justiça.

Segundo a delegada Edileuza Suely, titular da DEAM, a tentativa de assassinato aconteceu na manhã do dia 28 de outubro deste ano, no distrito de Maria Quitéria, e a vítima, de 37 anos, foi atingida por dois disparos de armado de fogo e está internada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Segundo a polícia, o casal esteve junto por 3 anos e estava separado há quinze dias; o suspeito não aceitava o fim do relacionamento.

“O fato aconteceu no dia 28 de outubro, por volta da 8 horas da manhã. Ele chegou na casa da genitora da vítima, onde a vítima estava na frente da casa, na zona rural, ele adentrou, e segundo a genitora da vítima, enquanto ela estava na cozinha e se deslocou para outro cômodo da casa, ouviu dois estampidos e quando correu pra  frente da casa já encontrou a filha toda ensanguentada, e ele empreendendo fuga”, declarou a delegada.

A titular da DEAM informou que eles estavam separados há quinze dias e ele alegou em depoimento que o alvo teria sido outra pessoa, mas a polícia não acreditou na versão.

“ No depoimento, ele nega ter atirado contra ela, diz que ela estava com outra pessoa e com ciúmes atirou contra essa pessoa que alega que era amante dela e quando ela se jogou na frente foi atingida pelos disparos. Ele não disse porque foi lá e alegou que ao chegar na casa de uma tia avistou a ex-companheira com um cidadão que ele não conhecia e deflagrou os tiros. Ele já foi pra lá armado, ele não tinha conhecimento de quem estava na casa, então a gente vê que a versão dele é completamente inconsistente, porque as tias estavam presentes no local do fato, a vítima ainda não foi ouvida porque ainda encontra-se hospitalizada, mas a versão dele é totalmente distonante dos fatos”, acrescentou a delegada.

Ainda de acordo com a delegada, o casal não tem filhos e não há nenhum registro contra o suspeito ou por outras circunstâncias. A polícia não informa os nomes dos envolvidos.

Pela tentativa de feminicídio, a Justiça autorizou a prisão e o suspeito será encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.

Blog Central de Polícia, com informações e fotos de Denivaldo Costa.