Decarga estoura mais um galpão em Feira e recupera carga de tecidos avaliada em R$ 1 milhão


Investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga) estouraram um terceiro galpão em menos de uma semana em Feira de Santana e recuperaram uma carga de tecidos avaliada em R$ 1 milhão. O depósito foi localizado no bairro Baraúnas, nesta terça-feira (24).

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, a quadrilha ramificada na cidade sergipana de Itabaiana, vinha sendo investigada há cerca de três meses e foi desarticulada após cometer um roubo de uma carreta entre as cidades de Alagoinhas e Conceição do Jacuipe. Parte da quadrilha manteve o motorista como refém, enquanto o restante do grupo trouxe a carreta até o galpão, em Feira de Santana.

Prosseguindo com as investigações, os agentes da Decarga chegaram ao local onde a carga estava escondida, montaram campana e prenderam em flagrantes quatro homens que chegaram em um veículo Fiat Punto, prata, placa HHE-9145, licença de Feira. De acordo com a polícia, dois deles tentaram fugir e destruíram os celulares, mas foram detidos e conduzidos até a delegacia.

“Uma carga valiosa de tecidos avaliada em torno de 1 milhão de reais, a quadrilha é da cidade de Itabaiana e o roubo ocorreu entre as cidades de Alagoinhas e Conceição do Jacuipe e a partir dai começamos investigar esse roubo e conseguimos localizar a carga nesse depósito. Eles chegaram rapidamente em um veículo Punto, Prata, esperamos eles abrirem o galpão e quando perceberam a chegada da polícia, entraram e  conseguiram ainda destruir as provas, quebraram os quatro celulares que estavam com eles e  ainda atearam fogo em alguns documentos nos fundos da carreta”, relevou o delegado.

O delegado Coutinho informou que a carga saiu do estado do Mato Grosso do Sul e tinha como destino as cidades de Itapicuru (Bahia) e Tobiaa Barreto (Sergipe), quando foi interceptada pela quadrilha por volta das 9h de ontem (23), na BR-101. A placa da carreta foi trocada e um caminhão que também servia para transportar o roubo foi apreendido pela polícia.

A Decarga segue com as investigações para localizar outros integrantes da quadrilha, inclusive o proprietário do galpão, que reside em Aracaju.

Blog Central de Polícia, com informações da Decarga e Marcos Valentim e imagens divulgação.

Polícia encontra depósito com calçados falsificados em Feira de Santana


Uma grande quantidade de calçados de marcas famosas falsificadas foi apreendida nesta segunda-feira (16), por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decarga), em um galpão localizado no Centro Industrial do Subaé (CIS), em Feira de Santana.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, a mercadoria está avaliada em cerca de R$ 2 milhões e foi descoberta após denúncia. Após serem informados, os representantes das marcas que foram falsificadas enviaram duas carretas para recolher todo o material para o depósito da polícia.

O delegado também informou que após o processo o material será disponibilizado para as marcas, mas não poderão ser comercializados porque não passaram por controle de qualidade. Os calçados deverão ser reciclados ou destruídos.

Ainda de acordo com Coutinho, os produtos vieram da cidade de Nova Serrana, em Minas Gerais, eram vendidos no atacado e também pela internet. O dono do galpão foi localizado e será responderá inquérito. No local atuavam cerca de funcionários.

Na semana passada, a Decarga também fez outra apreensão de calçados falsificados que tinham Feira de Santana como destino. A apreensão ocorreu na BR-324.

http://centraldepolicia.olabahia.com.br/2020/11/14/mil-caixas-de-calcados-falsificados-que-vinham-para-feira-de-santana-sao-apreendidas-pela-decarga/

Blog Central de Polícia, com informações e fotos de Marcos Valentim (Boca de Zero Nove).

Mil caixas de calçados falsificados que vinham para Feira de Santana são apreendidas pela Decarga


Equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga) apreenderam um caminhão carregado com mil caixas de calçados falsificados, na BR-324, altura do município de Feira de Santana, na quarta-feira (12). A apreensão só foi divulgada neste sábado (14), pela assessoria da Polícia Civil.

A ação é fruto de uma operação conjunta entre a Decarga e Polícia Rodoviária Federal (PRF). O titular da unidade especializada, delegado Gustavo Coutinho pontua a intensificação do combate a produtos falsificados. “Estas ações têm o objetivo de coibir à pirataria e transporte de produtos de origem ilícita, nesta região”, afirmou.

Os calçados falsos, fabricados na cidade mineira de Nova Serrana, tinham como destino Feira de Santana. O motorista do caminhão foi interrogado e irá responder pelo transporte de produtos falsificados. A carga está à disposição da Justiça.

Ascom-PC / Tony Silva, com imagem divulgação.