NOTICIÁRIO POLICIAL

Prefeito diz que vai procurar ministro da Justiça para tratar da violência em Feira de Santana; “Vou agir da maneira que acho necessário”, ouça

Após ser apontada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, como a cidade mais violenta em 2023, Feira de Santana caminha para continuar no topo do sombrio pódio neste ano. Em apenas 15 dias do mês de maio, o município já contabiliza 24 assassinatos, apesar dos esforços das polícias Civil e Militar. Somente entre a sexta-feira (10) e domingo (12) passados foram registrados 13 homicídios.

Por conta do fim de semana sangrento foram realizadas operações para transferir líderes de grupos criminosos do Conjunto Penal de Feira de Santana para o presídio de segurança máxima em Serrinha, além de reforçar o policiamento na região com rondas terrestres e aéreas pelo Graer. A população clama para que essas operações sejam mais frequentes e o apoio aéreo seja menos esporádico.

Durante entrega da reforma de nova praça e feirinha do bairro do Tomba, o prefeito Colbert Filho (MDB) comentou sobre a violência e informou que está marcando uma audiência com o ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil, Ricardo Lewandowski, para discutir a situação de Feira de Santana. Também lamenta que o município leve o título de mais violento do país. Colbert frisa que a “responsabilidade em segurança pública é do Governo do Estado”. Ouça

As cidades brasileiras mais violentas, de acordo com ranking mundial em 2023

19ª – Feira de Santana
27ª – Manaus
31ª – Salvador
33ª – Recife
34ª – Macapá
37ª – Maceió
39ª – Fortaleza
41ª – Porto Velho
46ª – Teresina
47ª – Caruaru

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e ONG Conselho Cidadão para a Segurança Pública – Foto/reprodução.

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também

Vítima de tiros morre no HGCA

Na noite passada (29), um homem morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em Feira de Santana, vítima de disparo de arma de fogo. De

Idoso vítima de atropelo morre no HGCA

Morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) nesta quarta-feira (29) José Nicolau de Souza, 64 anos, que residia na Fazenda Baraúnas, município de Pedrão. Segundo