Idosa tem celular furtado após deixar aparelho em caixa antes de passar por porta giratória de banco


Uma idosa teve o celular furtado após deixar o aparelho em uma caixa, antes de passar pela porta giratória de um banco da cidade de Feira de Santana.

A aposentada Cleonice Ribeiro contou que foi até uma agência da Caixa Econômica Federal, na última sexta-feira (21), para retirar o saldo do Programa de Integração Social (PIS). Ao entrar no banco, ela deixou o celular e as chaves dentro da caixa específica para armazenar objetivos metálicos. Depois de passar pela porta giratória, a idosa notou que as chaves estavam lá mas o aparelho tinha sumido.

“O vigilante fez pouco caso de mim, disse para mim que foi um menino que pegou. Ele viu o menino pegar e não fez nada. Ele viu também quando eu coloquei [celular] junto com a chave. Não demorou nem cinco minutos”, relatou Cleonice.

A aposentada disse que, logo após a ação, procurou a direção da agência para solicitar imagens da câmera de segurança, mas teve o pedido negado pelo gerente. Segundo Cleonice, ela registrou um boletim de ocorrência e vai entrar com uma ação na justiça para obrigar o banco a pagar o celular dela.

“Pedi as imagens e eles não deram. Vim prestar uma queixa contra o banco. Eles têm que se responsabilizar e me dar outro celular novo”, contou a idosa.

De acordo com o advogado, Argemiro Nascimento, especialista em Defesa do Consumidor, os bancos são obrigados a fornecer segurança à todas as pessoas, clientes ou não, que estiverem no interior das agências em horários de funcionamento ao público. Em caso de roubos e furtos, a instituição financeira será obrigada a indenizar a vítima pelos prejuízos.

“A partir do momento que o banco se responsabiliza em guardar um objeto para adentrar na porta giratória, ele se torna responsável, mesmo que o lapso de tempo seja muito curto. Então ele responde pela perda, extravio ou furto desses bens, que são guardados em depósitos para entrar na agencia. Tem que ressarcir”, explicou o advogado.

A reportagem tentou entrar em contato com a Caixa Econômica Federal para saber do posicionamento da empresa, mas ainda não obteve retorno.

G1 Bahia-Foto: Reprodução/TV Subaé

Jovem baleado na Rocinha morre no HGCA


Morreu na manhã desta quinta-feira (27), no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), Pedro Felipe dos Santos, de 23 anos.

Segundo informações, o jovem foi baleado na tarde de ontem (26), na rua Colbert Martins, região da Rocinha, bairro Estação Nova, em Feira de Santana.

A polícia não tem detalhes sobre a autoria e motivação do crime. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem ilustração.

Homem morre após troca de tiros com a Rondesp Leste


Um homem morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), após troca de tiros com policiais da Rondesp Leste 04, por volta das 23h desta quarta-feira (26), no bairro Queimadinha, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, a equipe da PM passava pela rua Dom João VI, quando percebeu homens armados. Ainda de acordo com a polícia, os quatro suspeitos atiraram contra a viatura e no revide atingiu um deles, Carlos Alberto Alves Farias, 24 anos.

O homem baleado foi socorrido até o HGCA, mas não resistiu, enquanto os outros suspeitos conseguiram fugir. A polícia apreendeu uma pistola calibre 380 e apresentou a arma no Complexo de Delegacias do Sobradinho.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem divulgação/PM.

Suspeito de feminicídio em Feira de Santana é preso pela PM


Na manhã desta quarta-feira (27), policiais militares cumpriram um mandado de prisão expedido pela Vara do Júri, contra Evilásio da Silva Maciel, 27 anos,  acusado de ter matado com golpes de faca, a companheira Sílvia Nunes Santos, de 31 anos. A mulher foi atingida no pescoço, ombro e peito esquerdos.

O crime aconteceu no dia 26 de janeiro deste ano na Fazenda Alecrim, distrito da Matinha, em Feira de Santana. O suspeito foi apresentado à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e será encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem ilustração.

Corpo encontrado com sinais de tortura em Feira de Santana é de cabo da Polícia Militar


Familiares e colegas identificaram no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, um corpo encontrado com sinais de tortura na manhã desta quarta-feira (26), na rua Antônio de Santana, bairro Nova Esperança.

Segundo eles, a vítima foi o Cabo da Polícia Militar, Antônio José Pereira Braga, que tinha 49 anos e era lotado no 16º Batalhão de Serrinha. O cabo Braga morava em Feira de Santana, mas trabalhava no município de Santanópolis.

Em entrevista ao repórter Denivaldo Costa, um familiar contou que desconhece qualquer tipo de ameaça contra o policial militar. Ainda de acordo com o parente, o cabo Braga trabalhou no carnaval de Salvador e retornou para Feira de Santana na manhã de segunda-feira (24). Familiares notaram o desaparecimento na terça-feira (27) e procuraram pelo seu paradeiro.

“Segundo familiares próximos, ele saiu de casa em um carro e nas imagens da casa não pegam outras pessoas no carro”, contou um colega.

O corpo foi localizado apenas de cueca e com camisa regata na cor azul. A polícia investiga a causa da morte e suspeita de espancamento. A perícia técnica encontrou um vasilhame com álcool e uma tolha, além de roupas ao lado do corpo.

O delegado David Lopes, descreveu no seu relatório que havia um fio elétrico no pescoço, além de marcas de queimaduras nas mãos.

O policial militar deixou viúva e dois filhos, de 11 e 5 anos.

O 16º BPM, onde o militar era lotado, divulgou uma nota de pesar:

É com pesar, que o 16º Batalhão de Polícia Militar comunica o falecimento do Cabo PM Antônio José Pereira Braga, 49 anos, e 23 anos servindo a Corporação. Cb Braga ingressou na PMBA no ano de 1997, estava lotado na 1ª Companhia, no Pelotão de Santanópolis. O 16º Batalhão de Polícia Militar lamenta a morte deste honrado guerreiro, externando aos amigos, companheiros de trabalho e familiares, os nossos sentimentos de mais profundo pesar.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

Feira de Santana:Polícia registra afogamento em distrito


Um afogamento foi registrado na tarde de ontem (26) na lagoa da Terra Dura, povoado de Terra Dura, distrito de Humildes, em Feira de Santana. A vítima que não portava documentos pessoais, teve o corpo encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

No local, populares afirmaram tratar-se de Joanderson Bispo dos Santos, que morava na fazenda Doutor, naquela região. Só após a apresentação da documentação oficial da família, será possível a liberação.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa com imagem ilustrativa.

Homem é torturado e morto em Feira de Santana; corpo encontrado no bairro Nova Esperança


Por volta das 9h manhã desta quarta-feira (26), a polícia registrou o 26º assassinato do mês de fevereiro na rua Miguel Antônio Santana, bairro Nova Esperança, em Feira de Santana.

O homem que trajava cueca e camisa regata na cor azul, pode ter sido morto provavelmente por espancamento.A perícia técnica encontrou um vasilhame com álcool e uma tolha, além de roupas ao lado do corpo.

O delegado David Lopes, descreveu no seu relatório que havia um fio elétrico no pescoço do desconhecido, além de marcas de queimaduras nas mãos.

A Delegacia e Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), já contabilizou 57 assassinatos em 2020.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

Após acidente de moto, pedreiro morre em hospital


Um pedreiro de 45 anos morreu em acidente de moto na noite passada (25), no Hospital Dr. Deraldo Miranda, no município de Irará.

Altamiro Jesus Santana conduzia a motocicleta pela BA 084, região da Gameleira na cidade de Ouriçangas, quando o fato ocorreu.

O corpo foi enviado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem ilustração.

Quatro homens são assassinados durante ‘paredão’ em Anguera


Quatro homens que participavam de uma festa paredão no povoado de Areia, município de Anguera, foram assassinados a tiros na noite desta segunda-feira (24).

Segundo informações, Edson da Silva Rodrigues, 24 anos, Márcio dos Carmo Jesus, 25, e George Cardoso dos Santos morreram no local, enquanto Maike Santos da Silva, de 22 anos, ainda foi socorrido para o hospital, mas não resistiu. Maike era filho do organizador da festa.

Ainda de acordo com a polícia, outras pessoas ficaram feridas e foram socorridas para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas os detalhes sobre os feridos não foram passados pela assessoria de comunicação da Polícia Militar.

Não há informações sobre a autoria e motivação dos assassinatos e se havia seguranças na festa.

Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem ilustração.

Vítima de tiros no Feira X morre no HGCA


Na noite passada (24), em Feira de Santana, a polícia civil registrou um assassinato no conjunto Feira X, contra Reinaldo Machado dos Santos, 38 anos.

O jovem que foi baleado ainda foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu .

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.

No mês de fevereiro, a polícia registou 25 homicídios, elevando para 56 crimes em todo o ano.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem reprodução.