Fake News: motorista de aplicativo prova que não sequestrou adolescentes e diz que temeu pela própria vída após boatos nas redes sociais


Um motorista de aplicativo procurou a polícia nesta quarta-feira (19), para desmentir boatos que circulavam contra ele através da redes sociais, de que teria sequestrado duas adolescentes que embarcaram em seu veículo em Feira de Santana.

Edson Barreto Matos Júnior, de 29 anos, morador do bairro Rua Nova, conversou com nossa reportagem e deu detalhes sobre o episódio que teve início no periodo da tarde e ainda repercute com pessoas desinformadas. Ele revelou que as garotas estavam utilizando fardamento de um colégio e estariam indo pegar um livro com um colega.

O motorista contou que está de férias de uma empresa e resolveu complementar a renda com o transporte de passageiros através do aplicativo Uber. Segundo ele, foi solicitado para fazer uma corrida e as duas adolescentes embarcaram em seu veículo, por volta das 14h, em frente a um posto de combustíveis na avenida José Falcão da Silva, bairro Baraúnas, com destino ao Vila Olímpia, onde desembarcaram minutos depois.

Edson disse que após chegar na casa da sogra, por volta das 16h, recebeu a informação de que sua foto e um áudio o acusando do sequestro de uma adolescente estava circulando nos grupos de whatsapp.

Imediatamente, o motorista procurou a delegacia e investigadores descobriram através de câmeras que as adolescentes realmente desceram do veículo no Vila Olímpia e depois pegaram outro transporte até um condomínio localizado no bairro Parque Ipê. Edson disse que apurou que “uma das adolescentes teria um desentendimento familiar, sendo repreendida pela mãe, após o uso de bebidas alcoólicas”.

De acordo com Edson, não há nenhuma informação do aplicativo sobre o embarque de adolescentes e será precavido quando for solicitado a transportar menores, não aceitando que estejam sozinhos.

O motorista disse que está buscando todos os meios para esclarecer a situação e evitar a propagação de fake news. ” O que eu podia fazer eu fiz, que foi um vídeo, mostrando as meninas, mostrando meu rosto com o pessoal da Polícia Civil. O que aconteceu é que as meninas foram localizadas, por algum problema familiar, que elas queriam fugir de casa e eu vou continuar compartilhando até chegar ao máximo de pessoas possíveis, pra poder limpar meu nome, minha imagem”, declarou.

Edson disse ainda que temeu pela própria vida, por conta da desinformação das pessoas que não checam as informações passadas através das redes sociais.

“Não sei o que poderia ter acontecido comigo. O pessoal, talvez, por certa ignorância de não saber o que realmente aconteceu, querer me linchar, e até que a verdade aparecessepodia acabar mal pra mim”, finalizou.

As adolescentes foram localizadas pela polícia no mesmo dia e entregues aos responsáveis. Ficou provado após depoimentos das menores que o motorista de aplicativo é inocente.

Blog Central de Polícia, com reportagem de Jorge Teles (Subaé Notícias) e foto de Denivaldo Costa.

Comentários

0 Faça sem comentário...

One comment on “Fake News: motorista de aplicativo prova que não sequestrou adolescentes e diz que temeu pela própria vída após boatos nas redes sociais”

  • O motorista tem que processar os pais pelo dano moral . Isso não pode acontecer. Uma pessoa de bem sendo acusado de um crime que não aconteceu. Sua honra e dignidade foram atacadas de forma o responsável. Poderia ter custado a vida de um inocente .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>