Motorista de aplicativo é assassinado dentro de carro no bairro Mangabeira; passageiros são procurados pela polícia


Um motorista de aplicativo foi executado com vários tiros por volta das 8h30 desta terça-feira (3), no cruzamento da rua B com o caminho 6, no Residencial Santa Bárbara, bairro Mangabeira, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, Helder dos Santos Oliveira, 35 anos, estava dentro do veículo Gol, branco, placa NYS-5999, quando foi atingido por vários disparos. A lataria do carro, do lado onde a vítima estava, apresenta várias perfurações.

Ainda de acordo com a polícia, o motorista conduzia dois passageiros quando foi surpreendido pelos disparos e atingido na cabeça e nas costas. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), está à procura dos passageiros para definir quem era o alvo dos criminosos. A suspeita é que os criminosos atiraram contra os passageiros, mas terminaram atingindo o motorista.

“Ele pegou uma corrida com dois passageiros e ao passar nesse local foi alvejado por disparos de arma de fogo, a equipes estão nas ruas procurando localizar os mesmos (passageiros). O veículo foi bastante alvejado e ele veio a óbito, trabalhando”, informou o delegado Luís Filgueiras.

Não há informações sobre a autoria e motivação do crime. Uma equipe da polícia esteve numa policlínica do bairro, procurando por alguém que tivesse dado entrada, baleado.

O motorista de aplicativo morava na rua Papa João XXIII, bairro do Tomba. O delegado Luís Smyslov Filgueiras presidiu o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Marcos Valentim e imagens reprodução (matéria atualizada).

Foragido de Jequié e mulher são flagrados com drogas na BR-116 Norte, em Feira de Santana


Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou um veículo de aplicativo por volta das 10h deste quinta-feira (27), na BR-116 Norte, próximo da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), e prendeu um casal por tráfico de drogas. Durante a revista foram encontrados 12 tabletes de um quilo de maconha prensada, mais um tablete com 150 gramas do mesmo entorpecente e 11 trouxinhas de haxixe. Eles seguiam de Jequié para o interior de Pernambuco.

Segundo o delegado Matheus Souza, que recebeu a ocorrência na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), no veículo viajavam o motorista de aplicativo, o casal e uma criança de 4 anos, que foi entregue ao Conselho Tutelar. O passageiro é fugitivo do conjunto penal de Jequié e a mulher tem passagem na polícia por tráfico de drogas.

“O motorista de aplicativo foi acionado para fazer uma viagem de Jequié a uma cidade do interior de Pernambuco, divisa com Juazeiro, lá eles pegaram mais uma terceira pessoa, que é o cunhado dessa senhora e de posse de uma quantidade significativa de drogas estavam se destinando para a cidade de Jequié, quando foram abordados pela Polícia Rodoviária Federal , trazidos aqui  depois da abordagem  para realização do procedimento de flagrante. A mulher tem passagem pela polícia, pelo mesmo crime de tráfico de drogas e o rapaz é fugitivo do presídio de Jequié. Ele saiu na saída temporária e não retornou, ficando assim considerado foragido. Estão presos e a disposição da justiça”, explicou o delegado.

Matheus Souza informou ainda que o motorista do aplicativo foi liberado após comprovação, inclusive com a empresa de transporte, de que foi solicitado para fazer a viagem e desconhecia o ato ilícito dos passageiros.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem ilustração.