Polícia encontra depósito com calçados falsificados em Feira de Santana


Uma grande quantidade de calçados de marcas famosas falsificadas foi apreendida nesta segunda-feira (16), por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decarga), em um galpão localizado no Centro Industrial do Subaé (CIS), em Feira de Santana.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, a mercadoria está avaliada em cerca de R$ 2 milhões e foi descoberta após denúncia. Após serem informados, os representantes das marcas que foram falsificadas enviaram duas carretas para recolher todo o material para o depósito da polícia.

O delegado também informou que após o processo o material será disponibilizado para as marcas, mas não poderão ser comercializados porque não passaram por controle de qualidade. Os calçados deverão ser reciclados ou destruídos.

Ainda de acordo com Coutinho, os produtos vieram da cidade de Nova Serrana, em Minas Gerais, eram vendidos no atacado e também pela internet. O dono do galpão foi localizado e será responderá inquérito. No local atuavam cerca de funcionários.

Na semana passada, a Decarga também fez outra apreensão de calçados falsificados que tinham Feira de Santana como destino. A apreensão ocorreu na BR-324.

http://centraldepolicia.olabahia.com.br/2020/11/14/mil-caixas-de-calcados-falsificados-que-vinham-para-feira-de-santana-sao-apreendidas-pela-decarga/

Blog Central de Polícia, com informações e fotos de Marcos Valentim (Boca de Zero Nove).

Mil caixas de calçados falsificados que vinham para Feira de Santana são apreendidas pela Decarga


Equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga) apreenderam um caminhão carregado com mil caixas de calçados falsificados, na BR-324, altura do município de Feira de Santana, na quarta-feira (12). A apreensão só foi divulgada neste sábado (14), pela assessoria da Polícia Civil.

A ação é fruto de uma operação conjunta entre a Decarga e Polícia Rodoviária Federal (PRF). O titular da unidade especializada, delegado Gustavo Coutinho pontua a intensificação do combate a produtos falsificados. “Estas ações têm o objetivo de coibir à pirataria e transporte de produtos de origem ilícita, nesta região”, afirmou.

Os calçados falsos, fabricados na cidade mineira de Nova Serrana, tinham como destino Feira de Santana. O motorista do caminhão foi interrogado e irá responder pelo transporte de produtos falsificados. A carga está à disposição da Justiça.

Ascom-PC / Tony Silva, com imagem divulgação.