NOTICIÁRIO POLICIAL

Em 2020, Feira registra mais de uma morte por dia e Comandante do CPRL afirma: “vejo de uma forma natural”

Em 2020 o número de homicídios em Feira de Santana chegou à 26, apenas em janeiro. Isso corresponde a mais de uma morte violenta por dia. Apesar da estatística negativa o Coronel Luziel Andrade, comandante do CPRL, afirma que esses números não lhe surpreendem e para ele a violência em nossa cidade é uma situação natural.

De acordo as palavras do comandante esse quantitativo da violência é algo rotativo e que se altera de forma relativa aos acontecimentos.

“Eu vejo de uma forma natural, pois ao meu ver não é só em Feira de Santana, se for comparar com o ano passado teve um aumento na cidade, como também houve uma redução em todo o leste, são casos específicos que têm que ser avaliados e estudados, nós estamos trabalhando na identificação dessas situações”, salientou Luziel.

Para ele esses são números que já estão dentro de um planejamento da corporação, de acordo com o oficial, é algo que está dentro da realidade da segurança pública.

“Não é anormal, porque hoje no quadro que a gente vive, temos situações que precisamos avaliar aquilo que é possível de acontecer e o que não é, então não tem nada impossível, estamos trabalhando dentro de uma realidade, que tem que ser enfrentada, não precisamos temer nem ofuscar e vamos enfrentar a situação” , informou o comandante.

A violência é uma realidade social, causada por diversos fatores, porém o grande fardo desta mazela recai sobre a segurança pública, que fica responsável pelo enfrentamento desses casos.

“Sempre bom ressaltar que violência não é só polícia, nós somos o braço forte temos consciência da nossa missão, e estamos cada vez mais imbuídos nela, mas tem situações que não depende só da gente, depende de todos, então a gente tem que enfrentar”, pontuou o Coronel.

Porém mesmo com esse fardo negativo, o comandante afirma, que está buscando combater e evitar o avanço da violência na cidade.

“A gente não pode desanimar, e de qualquer formar buscar a resposta para crime que vêm sendo feito, e isso está acontecendo. A gente também não pode deixar de ressaltar a influência de um acontecimento negativo, como a morte da jovem no centro da cidade, que o responsável já está preso”, concluiu Luziel.

FONTE: Boca de Forno News, com informações de Jota Bezerra e imagem reprodução.

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também

Vítima de tiros morre no HGCA

Na noite passada (29), um homem morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em Feira de Santana, vítima de disparo de arma de fogo. De

Idoso vítima de atropelo morre no HGCA

Morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) nesta quarta-feira (29) José Nicolau de Souza, 64 anos, que residia na Fazenda Baraúnas, município de Pedrão. Segundo