NOTICIÁRIO POLICIAL

Passageiros querem ser indenizados após assalto no Transbordo Central

Três passageiros do transporte coletivo de Feira de Santana reclamam uma indenização por danos morais, após serem vítimas de assalto. O fato teria ocorrido no interior de um coletivo, no terminal de transbordo central. A ação (nº 0511540-34.2017.8.05.0080) tramita na 2ª Vara da Fazenda Pública.

Eles querem uma indenização de R$ 33.207,99 da empresa Rosa e Prefeitura Municipal. O valor seria divido entre os três passageiros (R$ 10 mil para cada), além de R$ 3.207,99 a título de danos materiais.

Na ação, os passageiros contam que foram atacados por um homem enquanto o motorista do coletivo teria saído do carro na tentativa de trocar um dinheiro. No interior do coletivo estavam seis passageiros.

DANOS MATERIAIS

Segundo relato, o marginal que portava uma faca conseguiu roubar os celulares de todos os passageiros. Após o ataque o bandido fugiu sem deixar pistas. No terminal de transbordo não havia nenhum segurança ou guarda civil municipal.

A ação teve nova movimentação nesta quinta-feira (21). O juiz Gustavo Hungria determinou que os autores da ação (os três passageiros) se manifestem em razão de prazo.

O site Olá Bahia não conseguiu contato com o advogado dos passageiros. O portal também não conseguiu ouvir a Prefeitura nem a empresa Rosa. O nome das vítimas será mantido sob sigilo pelo site.

FONTE: Olá Bahia, com imagem ilustração.

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também

PM apreende drogas no bairro Liberdade

Na manhã desta terça-feira (07), por volta das 10h45, uma guarnição da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Feira de Santana), apreendeu drogas no bairro