NOTICIÁRIO POLICIAL

PRF apreende Toyota Hilux com sinais de adulterações em Feira de Santana

Um automóvel de luxo adulterado foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante uma fiscalização no Km 429 da BR 116, em Feira de Santana (BA), distante 116 quilômetros da capital baiana. O caso aconteceu na manhã de terça-feira (23).

Por volta das 15h foi dada ordem de parada a um Toyota/Hilux SRV, com placas de Maracas. Durante fiscalização na caminhonete, os agentes federais descobriram adulterações nos elementos identificadores do veículo.

O motorista que é natural de Jaguaquara (BA) foi preso e apresentado a autoridade policial de plantão da Polícia Judiciária, para formalização do flagrante do delito previsto no art. 311 do CTB.

Como funciona o crime das fraudes veiculares

O crime de fraudes veiculares resulta em múltiplas vítimas e está dividido em três fases distintas: o roubo, a adulteração e a revenda.

Na primeira fase temos claramente identificada a primeira vítima, que é a pessoa que teve seu veículo furtado ou roubado e, neste último caso, frequentemente com o uso de violência por parte dos criminosos.

Na segunda fase, a adulteração, os criminosos trocam a identificação do veículo e seus documentos para que pareça ser um veículo regular, também conhecida como clonagem. Neste momento o veículo recebe placas de outro veículo idêntico e o proprietário desse veículo, que se encontra em situação regular, torna-se a segunda vítima dos criminosos pois passa, muitas vezes, a receber multas de trânsito por infrações relacionadas ao veículo clonado.

A terceira e última fase é a revenda, alimentada pelo comércio ilegal desses veículos clonados, muitas vezes negociados em sites na internet por valores inferiores ao preço real do veículo. Nesta terceira fase do crime temos a terceira vítima em potencial, o comprador que, inadvertidamente, passa a ter a posse do veículo clonado.

Fonte: PRF, com imagem reprodução

 

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também

Idoso vítima de atropelo morre no HGCA

Morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) nesta quarta-feira (29) José Nicolau de Souza, 64 anos, que residia na Fazenda Baraúnas, município de Pedrão. Segundo