NOTICIÁRIO POLICIAL

Vereador entra com ação contra Toque de Recolher em Feira de Santana

Contrário ao Toque de Recolher iniciado ontem (15), em Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (MDB) ingressou com Habeas Corpus coletivo contra o governo da Bahia no Supremo Tribunal de Justiça (STJ). O parlamentar acredita que o decreto é inconstitucional.

Segundo o vereador, a Constituição Federal estabelece o direito de ir e vir de todo cidadão brasileiro e que o governador Rui Costa não usou nenhuma explicação científica que comprove que a restrição noturna seja eficaz para conter o avanço da doença. “Quer dizer que o vírus só circula das 18h às 5h ? Não vejo sentido em aquartelar o cidadão dentro de sua residência. Imagina aqueles que permanecem trabalhando durante todo dia e nem mesmo podem ir ao mercado depois das 18h?”, questionou

Edvaldo Lima ainda declarou que é favorável sim pela vida, porém que apavorar o cidadão sobre o vírus não irá ajudar.

“Precisamos de campanhas de conscientização, isso sim é muito importante. Precisamos trazer e levantar questões sobre os cuidados que os cidadãos devem tomar na sua rotina e não restrição total como estão pregando agora”, diz.

De Olho na Cidade, com imagens divulgação/reprodução.

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também