Rui Costa diz que violência se agravou por causa de discurso de Bolsonaro


O governador da Bahia esteve inaugurando nesta segunda-feira (13), uma policlínica regional no município de Serrinha e durante entrevista coletiva foi indagado pelo repórter Marcos Valentim, do portal Boca de Zero Nove, sobre a indicação do presidente da Câmara Muncipal de Feira de Santana, de doar 50 viaturas para as forças policiais do município, mas Rui Costa declarou que o problema do Estado não é questão de viaturas e transferiu a onda de violência para o presidente da república Jair Bolsonaro.

No entendimento do governador, o discurso do presidente em facilitar a aquisição de armas pode fazer com elas caiam nas mãos de criminosos e que já perdeu a conta sobre a troca de viaturas no estado. “O problema não é viatura…e policiais se orgulham em andar em viaturas tão novas quanto hoje”, declarou. Ouça a entrevista

Embora as autoridades que ocupam cargos de confiança neguem, recebemos reclamações de policiais sobre a quantidade de combustível disponibilizado para fazer o patrulhamento em Feira de Santana.

É bom lembrar também que mesmo diante da facilidade para adquirir uma arma, como apregoa o governador, o cidadão deve desembolsar, no mínimo, cerca de R$ 5 mil para comprar uma arma e regularizá-la, cumprindo todos os pré-requisitos exigidos por lei. O valor foi pesquisado em sites especializados em venda de armas.

Blog Central de Polícia, com informações de Marcos Valentim e imagem reprodução.

Comentários

0 Faça sem comentário...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>