NOTICIÁRIO POLICIAL

Suspeitos de serem mandantes dos recentes homicídios em Feira de Santana são transferidos para presídio de segurança máxima

Quatro presos, apontados como líderes de facções criminosas de Feira de Santana foram transferidos, neste domingo (12), da penitenciária da cidade para o presídio de segurança máxima de Serrinha. De acordo com o Ministério Público estadual, eles são responsáveis por dar a ordem para a execução dos homicídios ocorridos na cidade nos últimos dias.

A ação foi resultado da ‘Operação Controle’ deflagrada pelo Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial Operacional de Combate ao Crime Organizado (Gaeco); pela Secretaria de Segurança Pública (SSP); pela Polícia Civil e pela Polícia Militar, por meio do Comando de Policiamento Especializado (CPE) e do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL).

Também fazem parte da operação, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), por meio do Grupo de Segurança Institucional (GSI), Comando de Monitoramento Eletrônico de Pessoas (Cmep) e do Grupamento Especializado em Operação Prisionais (Geop).

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e quatro de transferência. Nas celas dos suspeitos, foram apreendidos celulares, acessórios de telefone e facas. O material apreendido será submetido à conferência e análise pelo Gaeco e Seap e, posteriormente, encaminhado aos órgãos competentes para adoção das medidas cabíveis.

Briga de facções
Segundo as investigações, os homens transferidos para Serrinha mandaram matar rivais e orquestraram os ataques que resultaram nas mortes registradas no município na última semana. Ainda de acordo com o MP, o objetivo seria ampliar território de atuação das facções.

Com a transferência, busca-se isolar as lideranças, tirando a possibilidade de comunicação com demais integrantes das facções. Os presos ficarão em Serrinha sob o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD).

Na última sexta-feira (10), três homens foram mortos a tiros, em frente de um mercado. O triplo homicídio aconteceu no bairro Rua Nova. Três suspeitos armados chegaram em um veículo, atiraram contra as vítimas e fugiram.

Além do triplo homicídio no bairro Rua Nova, outras cinco mortes foram registradas em Feira de Santana, entre sexta-feira (10) e sábado (11), nos bairros Pampalona, George Américo, Queimadinha, Pedra Ferrada e no distrito de Humildes. As vítimas tinham entre 18 e 37 anos.

Fonte G1 Bahia e fotos divulgação SSP

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também

Vítima de tiros morre no HGCA

Na noite passada (29), um homem morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em Feira de Santana, vítima de disparo de arma de fogo. De

Idoso vítima de atropelo morre no HGCA

Morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) nesta quarta-feira (29) José Nicolau de Souza, 64 anos, que residia na Fazenda Baraúnas, município de Pedrão. Segundo