NOTICIÁRIO POLICIAL

Operação conjunta prende quatro pessoas por suspeita de cárcere privado em Feira de Santana

Equipes do CATI Sertão, da Polícia Civil, da Polícia Militar, em apoio ao Ministério Público, que contou com a presença do promotor Audo Rodrigues, foram conferir uma denúncia de maus tratos provocados pelo Centro Terapêutico IDE, localizado no distrito de Humildes, em Feira de Santana.

De acordo com a polícia, no local foi constatada veracidade recebida pelo Ministério Público, e com a chegada da comitiva, dezenas de internos começaram a se queixar de maus tratos e relataram que eram levados para um cômodo do Centro e agredidos fisicamente e psicologicamente.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a quatro pessoas responsáveis pela administração do Centro Terapêutico. O promotor Audo Rodrigues (foto) informou que a denúncia de cárcere privado motivou a investigação por parte do Ministério Público. Ouça

Entrevista ao programa Ronda Policial da rádio Subaé: o pastor evangélico João Tavares da Silva negou as acusações formuladas contra o Centro Terapêutico.O religioso estava acompanhado de seu advogado, Whoshiton Santana, que informou que tudo será esclarecido no momento certo.

“As denúncias foram feitas por internos que possuem problemas de saúde mental e não querem permanecer no centro de recuperação. As famílias dos internos conhecem o trabalho que realizamos e não reclamam”, explicou Tavares coordenador da entidade que existe há 12 anos.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e Marcos Valentim – Imagem reprodução.

Comentários

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+

Veja também