Homem morre após troca de tiros com a PM


Por volta das 21h de ontem (14), um homem de 27 anos morreu na emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), após troca de tiros com policiais militares em Feira de Santana.

Segundo a PM, o suspeito reagiu a uma abordagem e foi baleado durante o confronto. Ele ainda foi socorrido para a unidade de saúde, mas não resistiu.

Após o levantamento cadavérico, o delegado Luís Filgueiras autorizou a remoção para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

Lavrador morre após acidente de moto em distrito de Feira


Um lavrador de 36 anos morreu na noite passada (13), após um acidente de trânsito na Estrada do Garapa, distrito de Maria Quitéria, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, Paulino de Souza Alves, conduzia uma motocicleta quando colidiu contra um poste.

A delegada Fernanda Cruz, que presidiu o levantamento cadavérico, ressaltou no boletim policial que a moto foi encontrada próximo ao corpo.

Após a perícia, a autoridade policial autorizou a remoção para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagens reprodução/rede social.

Criança de 2 anos morre afogada em piscina


Uma criança de dois anos morreu afogada em uma piscina na tarde de sábado (13), no distrito de Maria Quitéria em Feira de Santana.

Segundo informações, Heitor Matos Pimenta Santos chegou a ser socorrido para a policlínica local, mas não resistiu.

A vítima estava brincando na piscina de uma residência, quando ocorreu o acidente, informaram familiares ao delegado Deivid Lopes.

O corpo do menino foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). O caso será investigado pela 2ª Delegacia.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

Após ser atropelado por moto, vítima morre em HGCA


Um homem de 33 anos morreu na tarde deste domingo (21), no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). De acordo com a ocorrência policial, a vítima foi atropelada por uma motocicleta por volta das 11h no Alto do Cruzeiro, em São Gonçalo dos Campos.

Luciano dos Santos Souza, residia no loteamento Nova Vida, bairro Sete Portas. Mesmo município onde ocorreu o acidente.

A vítima foi socorrida inicialmente para o hospital local e depois transferida para a unidade de saúde em Feira de Santana, ressaltou o delegado Gustavo Coutinho que presidiu o levantamento cadavérico.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem ilustração.

Homem é assassinado dentro de bar na Gabriela


Morreu por volta das 21h de sábado (30), um homem identificado por familiares como Adriano de Jesus Cordeiro. A vítima foi morta com vários tiros deflagrados por desconhecidos, conforme ocorrência policial.

Segundo informações da polícia, Adriano estava no interior de um bar localizado na rua O Bem Amado, bairro Gabriela, em Feira de Santana.

Após levantamento cadavérico, o delegado André Ribeiro autorizou a remoção do corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução/rede social.

Feira de Santana: Governo vai denunciar à Polícia Federal quem furar a fila para se vacinar


Governo Municipal de Feira de Santana informa que qualquer suspeita ou denúncia de pessoas que furarem a fila para tomar a vacina contra a Covid-19 será denunciada para o Ministério Público e à Polícia Federal para apuração.

A Prefeitura com seriedade a vacinação e, portanto, reitera a sua importância como eficaz controle na disseminação da doença no município.

Desta forma, cada clínica e unidade hospitalar da rede privada é responsável em informar com veracidade e honestidade à Secretaria Municipal de Saúde os profissionais que realmente atuam na linha de frente no combate à Covid-19, em urgência e emergência, para receber a vacina contra a doença.

Na primeira etapa da vacinação, que iniciou na terça-feira, 19, somente esses profissionais e os idosos institucionalizados têm direito a receber o imunizante.

Secom/imagem reprodução.

“Havendo denúncias com provas, o Ministério Público poderá investigar casos de ‘fura fila’ na vacinação contra a Covid 19”, diz promotor de Feira


Nesta primeira fase da campanha de vacinação contra Covid-19 em Feira de Santana, o promotor do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Audo Rodrigues, informou ao programa Subaé Notícias, que no momento não há denúncias de pessoas fora do grupo de risco furando a fila de imunização.

De acordo com gestor público, há casos sendo investigados em outros estados, mas até o momento nada foi relatado no município.

“Acredito que as entidades de saúde devam ter um protocolo com documento comprovando que as pessoas que estão sendo vacinadas são realmente do grupo prioritário”, explicou ao repórter Denivado Costa da rádio Subaé.

O promotor informou em entrevista na manhã desta quinta-feira (21) que no caso de denúncias, as provas podem ser apresentadas ao MP para o início das investigações e no caso de confirmações, as providências serão adotadas.

Ouça a reportagem

Jovem é morto a tiros no bairro Sobradinho


Um jovem de 23 anos foi assassinado a tiros por volta das 17h30 domingo (17), no bairro Sobradinho, em Feira de Santana.

Segundo informações, Ricardo Almeida Torres estava na rua Juventino Pitombo quando foi atingido com vários disparos. Não há detalhes sobre a autoria e motivação do crime.

A delegada Danielle Matias presidiu o levantamento cadavérico e autorizou a remoção para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagens reprodução.

 

Polícia registra assassinato no bairro Caseb


Por volta das 21h30 de ontem (16), um jovem de 20 anos foi morto com vários tiros na 4ª Travessa Paraguai, no bairro Caseb em Feira de Santana. De acordo com a Polícia Civil, João Victor dos Santos Souza era morador da Rua Calamar, bairro Conceição.

Após o levantamento cadavérico, o delegado Fabricio Linard autorizou a remoção para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

3ª Ciretran: Vendedores de veículos reclamam da demora na liberação de documentos


Em frente ao prédio da 3ª Circunscrição Regional de Trânsito de Feira de Santana (Ciretran) tem uma placa (foto) dando boas vindas aos usuários e que está a serviço da comunidade. O problema é que os serviços, ou a ausência deles tem provocado queixas de quem precisa dar andamento a documentos no órgão estadual.

Um dos problemas verificados atualmente é a demora na expedição do DUT Digital (Documento Único de Transferência) e usuários alegam que estão tendo prejuízos, principalmente comerciantes de veículos. Segundo Marcelo Dias Medeiros, desde o início do mês vem tentando conseguir o documento.

“O DUT digital não está saindo, estamos precisando desde o começo do mês, e estão alegando que o sistema não está conseguindo ampliar essa parte. Quem deu entrada pelo despachante não está conseguindo. Pelo que já ví aqui, tem gente que conseguiu esse dut digital, quem fez pelo Detran de Feira, mas quem fez pelo despachante, ninguém conseguiu”, reclama.

Outro usuário que reclama dos serviços da 3ª Ciretran e alega prejuízo é Caio César, que negociou um veículo e teme ficar no prejuízo. Ele denuncia que tem despachantes passando pela mesma situação.

“Eu vendi o veículo e estou aqui esperando o DUT digital, esperando o banco pra poder confirmar o pagamento e não conseguimos retirar o dut, nem com o detran, nem com o despachante. Disseram que eles não tem acesso, que não estão podendo imprimir e talvez na próxima quarta-feira, mas o próprio banco me deu uma foto de um documento desse, que foi realizado o pagamento, aqui mesmo, de Feira de Santana. O meu despachante está com quinze processos, aguardando o dut eletrônico, desde o início da semana”, protesta.

Ele acrescenta que a demora na liberação do documento pode acarretar no cancelamento de negociação de veículos. “Prejuízo total, porque agora estou numa situação em que o rapaz está com a ficha aprovada há dez dias e faltam cinco dias para poder acabar o tempo dele”.

Caio César frisa que o problema não de débitos dos usuários, mas da falta de organização.

“A gente compra um veículo, vem de outra cidade e como faz para levar o documento?”, questiona. Os reclamantes acreditam que tem alguém ‘beneficiando alguns em detrimento de outros’.

O coordenador da 3ª Ciretran não foi encontrado por nossa reportagem para falar sobre o assunto, inclusive da reforma do órgão.

Blog Central de Polícia, com informações e foto de Denivaldo Costa.