Vítima de troca de tiros com a polícia morre no HGCA


Um jovem de 25 anos morreu após uma troca de tiros com policiais militares, na noite desta sexta-feira (8), em Feira de Santana.

Segundo ocorrência, o tiroteio ocorreu na rua Tabuada no bairro Tomba. O desconhecido foi atingido mas não resistiu, após dar entrada na emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

O delegado Luiz Osório presidiu o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT)

Blog Central de Polícia, com informações e Marcos Valentim e imagens ilustração

Feirense é morto a tiros em Cabuçu


Um morador de Feira de Santana, de 21 anos, foi assassinado durante a madrugada desta segunda-feira (4) em Cabuçu, distrito de Saubara, segundo informações da 20ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Ainda de acordo com a PM, Vítor Souza da Cruz foi morto a tiros na localidade conhecida como “Inferninho”. O jovem ainda foi socorrido para o hospital municipal, mas não resistiu. Não há detalhes sobre a autoria e motivação do crime.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares e imagem ilustração/reprodução.

Suspeito morre em troca de tiros com a PM


Um homem não identificado morreu no final da manhã desta segunda-feira (28), após uma troca de tiros com policiais militares, na rua Avelino Lopes, Parque Getúlio Vargas em Feira de Santana.

Segundo a PM, o suspeito reagiu a uma abordagem e foi baleado durante o confronto. Ele ainda foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu.

Após o levantamento cadavérico, o delegado Rodolfo Faro autorizou a remoção para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho e imagem ilustração.

 

Assaltantes morrem em confronto com a PM no bairro Campo do Gado Novo


Quatro homens suspeitos de assaltos na região de Feira de Santana morreram durante confronto com policiais militares na tarde de sábado (31), no bairro Campo do Gado Novo. A troca de tiros aconteceu durante a Operação Arrebol e teve a participação de policiais da Rondesp Leste, CIPE Litoral Norte e 66ª Companhia Independente (CIPM).

Segundo a polícia, as guarnições foram acionadas pelo Centro Integrado de Comunicação (Cicom 190), sobre quatro homens armados a bordo de um veículo Ford Ka, branco, praticando assaltos, inclusive a um ônibus coletivo na Estrada do Feijão.

Durante as diligências, os policiais avistaram os suspeitos no bairro Campo do Gado Novo, que desobedeceram à abordagem e atiraram na direção das viaturas. Houve troca de tiros e os quatro suspeitos foram baleados. Ainda foram socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiram.

Durante a operação a polícia conseguiu apreender e recuperar os seguintes objetos: 4 revólveres de calibre 38; 20 smartphones; 12 bolsas; 3 sacolas com alimentos; uma mochila; uma pochete e a quantia de R$ 1.498, em espécie. O veículo utilizado pelos assaltantes também foi encaminhado para a delegacia.

As vítimas, que estavam no coletivo, compareceram ao Complexo de Delegacias para prestar queixa.

Os corpos dos suspeitos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e ainda não foram identificados.

Blog Central de Polícia, com informações e imagem da ascom/CPRL

Operação da PM contra a prática ilegal de trânsito resulta na remoção de 125 veículos


Durante a “Operação Pégasus” deflagrada pela Polícia Militar no Centro Industrial do Subaé (CIS), na noite desta quinta-feira (27), foram removidas 124 motocicletas e um automóvel para o pátio da 3ª Ciretran, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, a operação aconteceu em uma avenida que dá acesso a indústrias, utilizada constantemente para a prática conhecida como ‘Wheeling’ (manobra com apenas uma roda).No local havia cerca de 250 pessoas e vários condutores se exibindo em manobras perigosas, infringindo o Artigo 175 do Código de Trânsito Brasileiro, além do descumprimento às medidas de prevenção ao combate ao novo coronavirus, conforme decreto municipal.

De acordo com a PM, duas motocicletas com indícios de adulteração dos sinais identificadores foram encaminhadas para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR).A polícia informou ainda que a operação foi  desencadeada de maneira estratégica e com base em denúncias e análises que apontaram um aumento estatístico envolvendo acidentes de trânsito.

O major Genival Moncorvo, comandante do Pelotão de Cavalaria, ressaltou a importância das denúncias  realizadas pela comunidade e salientou que as operações irão continuar.

Blog Central de Polícia, com informações e fotos Ascom/CPRL.